SEM VOCÊ

Lições: somatório de histórias

Este somatório de pequenas histórias é, no seu conjunto, uma pulsação constante de sensações humaníssimas que levitam da crônica e vão, em sutilezas vívidas, às percepções sentidas nos diversos gêneros literários. Isto porque o autor não se detém, unicamente à fugacidade passageira do gênero crônica, embora dela não fuja. Dado a um fator nodal: é que ele dá vida a tudo ao correr de cada texto. Sua alma pulsa em todos eles.

Vai ao passado e vem ao presente; caminha nos fios das lembranças, e traz para dentro de cada texto, curto ou longo, o próprio leitor.

Mostra-se, a um tempo, uno e plural, quer em amostragens passageiras, quer nas viagens vividas, quer nos temas vários que traz a relevo.

 

Vale-se de informações precisas ou sentidas, corporificando-as em linguagem literária objetiva, mantendo-se sempre simples sem ser fácil, eis que o seu como dizer é personalíssimo, palpitante e fotográfico.

 

Vitor Seravalli revela, com estes textos, que o implícito caminha, subjacente e vivo, ao correr de qualquer deles, seja no narrativo, no descritivo ou no levemente metafórico.

 

Muitas destas histórias, em conjunto, para além de cada tema abordado, conduzem à vertente poliédrica, trazendo ao vivo a pulsante Arte de escrever, particularmente em direção à memorialística e à ficção curta ou longa.

 

O que prova a qualidade de uma obra é o leitor lê-la, senti-la e guardá-la, em silêncio, permanentemente na lembrança.

 

Como esta.